Programação na literatura

A ideia nesse post é trazer alguns textos relacionados com programação e presente em obras da literatura. Por enquanto só tem um, mas a ideia é ir adicionando com o tempo.

“Se você quiser mesmo entender alguma coisa, a melhor maneira de fazer isso é tentar explicá-la para alguém. Isso o obriga a destrinchá-la em sua cabeça. E, quanto mais lerdo e tapado for seu aluno, mais você terá que fragmentá-la em ideias cada vez mais simples. Essa é, na verdade, a essência da programação computacional. Depois de decompor uma ideia complexa em pequenos passos que até mesmo uma máquina idiota consegue compreender, você terá aprendido algo a respeito dela também. O professor geralmente aprende mais do que o aluno”.

Douglas Adams, em “Agencia de investigações holísticas Dirk Gently”.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.