Consulta ao AMS no SPADE

Nesse tutorial eu demonstro como identificar e listar o nome dos agentes existentes no ambiente.

O SPADE possui um agente chamado AMS, que é a implementação do componente AMS proposto pela FIPA e que tem por finalidade gerenciar os agentes do sistema. O agente AMS é consultado para identificar os agentes existentes no ambiente e inicia automaticamente com a plataforma SPADE.

Quando se cria um agente na plataforma, um processo de registro é realizado automaticamente (ele é definido na classe Agent que é estendida ao definir o agente), assim como seu registro é removido automaticamente quando esse agente finaliza.

O código abaixo irá mostrar, através da linha 10, as referências dos objetos de cada agente em uma lista. As linhas 12 e 13 são responsáveis por percorrer cada um dos agentes retornados e mostrar apenas o nome desse agente.

O comportamento utilizado foi o OneShotBehaviour, o que faz com que sejam mostrados os agentes registrados na plataforma apenas no instante que o agente é executado.

Três agentes são retornados quando o código for rodado. O primeiro é o próprio agente, denominado “agent@127.0.0.1”. Os demais agentes são os agentes “df.127.0.0.1” e o “ams.127.0.0.1”, que gerenciam os serviços prestados pelos agentes do sistema (o agente Diretório Facilitador) e o endereçamento de cada agente existente (o agente AMS).

 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.